Filtrar

    José de Souza Breves, 1879 - Fazenda do Sobrado

    José de Souza Breves, 1879 - Fazenda do Sobrado
    Brasil
    XIX

    Inventário do comendador José de Souza Breves, 1879. O inventariante foi seu irmão, Joaquim José de Souza Breves, o rei do café. 

    [Trecho relativo á Fazenda do Sobrado]

    Fonte: Museu da Justiça – Centro Cultural do Poder Judiciário. Coleção Textual, Acervo Textual. Mídia AP_020464_V2 e AP_020464_V7

     

     

    [Volume 2]

    [fl. 247] Aos seis dias do mez de Dezembro de mil oitocentos e oitenta, n’este destricto da freguezia do Arrozal do Termo do Pirahy, em a Fazenda do Sobrado onde foi vindo o Meretissimo Juiz de Orphãos Doutor Francisco Moniz da Silva Ferraz, comigo Escrivão de seu cargo, o official de Justiça Joaquim Joze de Araujo, e os louvados Alfredo Whatley Dias, Doutor Joze Caetano de Oliveira, Silvino Coelho de Avellar e o Advogado Commendador Joaquim Manoel de Sá procurador do inventariante, aos louvados o juiz encarregou que debaixo do juramento prestado procedessem a avaliação dos bens apresentados pelo inventariante, sitos nesta fazenda, o que elles fizerão do modo seguinte:

    Immoveis

    Quatro lanços de casas assoalhados, cobertos de telha que servem de tulhas, a cem mil reis, quatro centros mil reis, que sáe á margem | 400$000

    [fl. 247v] Onze lanços de cazas cobertos de telha, com gradil, servem de senzalas, a setenta mil reis, sete centos e setenta mil reis, que sáe á margem | 770$000

    Tres lanços de cazas cobertos de telha, em aberto, a cincoenta mil reis cada um lanço, cento e cincoenta mil reis, que sáe á margem | 150$000

    Quatro lanços de cazas cobertos de telha, sendo um assoalhado, paiol de milho, a setenta mil reis reis, duzentos e oitenta mil reis, que sáe á margem | 280$000

    Uma caza coberta de telha, com prensa e roda para fazer farinha de mandioca e sem forno assente, de ferro, cem mil reis, que sáe á margem | 100$000

    Tres lanços de casas cobertos de telha, a trinta mil reis, noventa mil reis, que sáe á margem | 90$000

    Tres lanços de casas assobradados, que servem de morada, por setecentos mil reis, que sáe á margem | 700$000

    Nove lanços de cazinhas pequenas, cobertos de telha, a dez mil reis, noventa mil reis, que sáe á margem | 90$000

    [fl. 248] Quatro lanços de casas cobertos de telha, com varanda ao redor, (galinheiro), cem mil reis, que sáe á margem | 100$000

    Dois lanços de casas coberto de telha, por quarenta mil reis, que sáe á margem | 40$000

    Uma casa coberta de telha com engenhoca de canna, e duas tachas de cobre assentas, por cento e cincoenta mil reis, que sáe á margem | 150$000

    Um sino, por cincoenta mil reis, que sáe á margem | 50$000

    Um carro de bois e quatro cangas, cincoenta mil reis, que sáe á margem | 50$000

    Uma casa de morada no sitio do Bento, tresentos mil reis, que sáe á margem | 300$000

    [...]



     

    [Volume 7] 

    [fl. 45] Aos cinco dias do mez de Março do anno do anno do Nascimento de Nosso Senhor Jesus Christo de mil oito centos e oitenta e oito no destricto da Freguezia do Arrozal do Termo do Pirahy, em a Fazenda denominada Sobrado, onde foi vindo o Meretissimo Juiz de Orphãos Supplente o cidadão Antonio Joze do Couto comigo Escrivão de seu cargo, o Offical de Justiça Joze da Silva Dias e os louvados Doutor Joze Caetano de Oliveira, Tenente Coronel Silvino Coelho de Avellar e Alferes Joze Vieira Soares Braga, a estes o Juiz ordenou que debaixo do juramento prestado procedessem a avaliação dos bens que lhes forem apresentados o que elles fizerão do modo seguinte:

    [...] [fl. 45v] [...]

    Immoveis 

    [...] Um carro apparelhado por quarenta mil reis, que sáe á margem | 40$000

    Uma caza com quatro lanços [fl. 46] lanços coberta de telha e assoalhada, servindo de tulha, por tresentos mil reis, que sáe á margem | 300$000

    Uma caza com onze lanços, coberta de telha, com varanda, que servia de senzalla, em mau estado, a quarenta e cinco mil reis, quatro centos e noventa e cinco mil reis, que sáe á margem | 495$000

    Uma caza com tres lanços, coberta de telha, em aberto a quarenta e cinco mil reis, cento e trinta e cinco mil reis, que sáe á margem | 135$000

    Uma caza coberta de telha com prensa, roda para fazer farinha e um forno de ferro, tudo por noventa mil reis, que sáe á margem | 90$000

    Uma caza coberta de telha, com engenhoca de canna e duas taxas de cobre assentes, tudo por cento e cincoenta mil reis, que sáe á margem | 150$000

    Uma caza com dois lanços coberta de telha, que serve de galinheiro, em mau estado por trinta mil reis, que sáe á margem | 30$000

    [fl. 46v] Uma caza com quatro lanços, com varanda, cobertos de telhas, que servem de gallinheiro, a vinte e cinco mil reis o lanço, duzentos mil reis, que sáe á margem | 200$000

    Uma caza com tres lanços, cobertos de telhas e assoalhados, em máo estado, por cima do chiqueiro, a trinta mil reis o lanço, noventa mil reis, que sáe á margem | 90$000

    Nove lanços de cazinhas cobertos de telhas, a dez mil reis, noventa mil reis, que sáe á margem | 90$000

    Uma caza com tres lanços, cobertos de telhas, assoalhados e que servem de vivenda e a caza da cozinha annexa com dois lanços cobertos de telhas, no valor de sete centos mil reis, que sáe á margem | 700$000

    Uma caza com quatro lanços cobertos de telhas, sendo um assoalhado e servindo de paiol de milho á sessenta mil reis, duzentos e quarenta mil reis, que sáe á margem | 240$000

    Um sino bom, por cincoenta mil [fl. 47] mil reis, que sáe á margem | 50$000

    [...]

     

     

    [Notas:

    1. Os bens no volume 02 foram avaliados em 1880; 

    2. Os bens no volume 07 foram avaliados em 1888]

     

    [Coordenação: Ana Pessoa (FCRB); Pesquisa e transcrição paleográfica: Andreza Baptista (PCTCC/FCRB) e Clara Albani (PCTCC/FCRB), 2021.]

    ttt
    PTCD/EAT-HAT/11229/2009

    Please publish modules in offcanvas position.