Filter

    Palacete da Quinta Nova da Assunção

    Palacete da Quinta Nova da Assunção
    Palacete da Família Silva Rego
    1863
    Portugal

    Luís Ferreira (pintor de azulejos)

    Largo da Igreja 27, 2605014 - Belas
    38.777969
    -9.264782
    COM_CCK_hhh

           

    Um dos mais interessantes casos de quinta da região de Sintra. Num estilo neoclássico tardio marcado por um composição arquitectónica muito contida o edifício é envolvido por uma programa paisagístico de grande aparado pontuado por uma sequência de casas de fresco, mirantes, fontes, lagos, tanques e escadarias, onde a azulejaria tem uma presença de grande originalidade não só técnica como temática.  Em contraponto com os jardins os interiores recebem uma rara colecção de pinturas que se espraiam por tectos e paredes com uma diversidade de temática que com a azulejaria dos jardins  torna esta quinta numa verdadeira museu de artes decorativas  portuguesas do século XIX.

     

    Inserido em ambiente rural, situa-se fora de Lisboa, no concelho de Sintra. O seu acesso faz-se pela estrada nacional 117, através do adro da igreja e da rua José Maria Rego. Situa-se na zona sul da quinta.

    untitled-4untitled-5untitled-2foto_ant_peb

    O palacete da Quinta Nova d’Assunção assenta num socalco elevado em relação à rua, nivelado a piso térreo no contacto directo com o jardim. O edifício tem dois pisos, sendo o superior um aproveitamento da cobertura. Visualmente, o piso 1 encontra-se anulado pela platibanda vazada e pelos frontões que marcam o eixo de cada fachada. A entrada principal situa-se portanto elevada em relação à rua, sendo a sua altura vencida por uma escadaria exterior fixada à fachada sudeste. As restantes fachadas estão em contacto com o jardim.

    fachada 2fachada3dsc_0411

    Frontaria voltada a Sudeste, antecedida de pátio circundado por muro baixo gradeado, centrado por grande portão de ferro forjado e grades, flanqueado por pilares almofadados rematados por urnas.

    Possui piso único sobre elevado num pódio marcado pelo embasamento de cantaria, a que se encosta uma escadaria transversal de dois lanços convergentes centrados por patamar, com guardas de ferro fundido.

    Apresenta três panos em organização simétrica divididos por pilastras duplas e delimitados por cunhais duplos, sendo as paredes preenchidas com almofadas geométricos a envolver a fenestração, o que acontece em todas as fachadas.

    No pano central abre-se uma porta em arco pleno com fecho volutado estriado, encimada por cornija sobre duas mísulas apoiadas em volutas que prolongam as ombreiras da porta, sendo esta flanqueada por duas portas-janelas com guardas de ferro e moldura em arco pleno com fecho volutado. Este pano é rematado por frontão vazado por óculo.

    Nos panos extremos há duas janelas idênticas às anteriores, mas encimadas por cornija rectilínea. O remate dos mesmos é em platibanda rendilhada sobre cornija, com urnas sobre os pilaretes, a eixo das pilastras e cunhais.

    fachada 2fachada3

    Fachada lateral Sudoeste:

    Voltada a um terraço elevado, assente sobre pano de muro gradeado com pilaretes almofadados. Possui cinco panos em organização simétrica, divididos por pilastras duplas.

    Ao centro uma porta-janela de moldura em arco pleno, encimada por pequeno frontão, ladeada por duas portas-janelas idênticas rematadas por cornijas, todas com guardas de ferro forjado. Nos panos intermédios três portas-janelas de cada lado, iguais às que na frontaria flanqueiam o portal. Nos panos extremos, uma porta-janela antecedida de degraus, sem guardas, de moldura igual às dos extremos da fachada principal. O pano central remata-se em frontão vazado por óculo e os laterais por platibanda, como na frontaria.

    Fachada posterior:

    Virada para Noroeste, para o jardim da Quinta Nova da Assunção, apresenta três panos, tal como a frontaria. No central uma porta provida de degraus semicirculares, de moldura igual à do portal principal, ladeada por duas portas-janelas com guarda de ferro, idênticas às das restantes fachadas. Remate em frontão vazado por óculo.

    Nos panos laterais rasgam-se duas janelas em arco pleno com guardas, encimadas por cornija. Remate em platibanda sobre cornija, igual à das restantes fachadas.

    fachada 1

    BASTOS, Celina e FRANCO, Anísio – “Para memória futura: interiores autênticos em Portugal”, in Casas Senhoriais Rio-Lisboa e seus interiores (dir. de Marize Malta e Isabel Mendonça), Rio de Janeiro, Universidade Federal do Rio de Janeiro; Lisboa, Instituto de História da Arte da FCSH da Universidade Nova de Lisboa e Fundação Ricardo Espírito Santo Silva, 2014, pp.69-103.

    CONSTANTINO, Ana Margarida da Silva – "A Quinta Nova d'Assumpção: o século XIX com todo o seu esplendor", in Vária Escrita, vol. 8, 2001.

    Ficha IPA.0002663, IHRU, 2005. http://www.monumentos.pt/Site/APP_PagesUser/SIPA.aspx?id=22663

    STOOP, Anne de – Quintas e palácios nos arredores de Lisboa, Barcelos, Livraria Civilização, 1986.

    Século XIX

    1860 – início das obras do palacete, mandado construir por José Maria da Silva Rego (1810/1864), herdeiro de seu tio, Gregório da Silva Rego, armador e comerciante com ligações ao Brasil. José Maria era casado com Maria da Assunção Vieira, que deu o nome à quinta.

    1863, 15 de Agosto – cerimónia de inauguração do palacete, no dia de Nossa Senhora da Assunção.

    1864, 7 de Abril – à data da morte de José Maria da Silva Rego, as obras do palacete não estavam ainda concluídas.

    Século XX

    c. de 2001 – aquisição da quinta e do seu palacete pela Câmara Municipal de Sintra a Georgina Lamas Veiga Rego.

    Coordenação: Isabel Mendonça / Helder Carita   -    Julho de 2014

    Autoria dos textos referentes aos campos da ficha:

    Alexandre Lousada – Pintura Decorativa / Azulejaria

    Isabel Mendonça – Estuques

    Lina Oliveira – Arquitectura (Fachadas, Cronologia, Bibliografia) / Decoração diversa

    Tiago Molarinho Antunes – Arquitectura (Enquadramento Urbano e Paisagístico, Morfologia e Composição) / Programa Interior

    Piso 0

    Este é o piso nobre do palacete e encerra uma zona de aparato, uma zona privada e outra de serviços. A sua organização corresponde a um grande número de divisões ortogonais e intercomunicantes em torno de um corredor central. Situado imediatamente após um pequeno vestíbulo, junto à fachada principal, a Sudeste, ocupa toda a extensão longitudinal do edifício. É dividido em duas partes e termina a Noroeste, na fachada que dá para o jardim da quinta.

    A zona de aparato situa-se em toda a extensão, a Sudoeste do corredor central do palacete. A zona privada situa-se a Nordeste do corredor central, na parte esquerda. No mesmo alinhamento encontra-se a zona de serviços, composta por cozinha, despensa e copa. Entre estas duas zonas situa-se a escada de acesso ao piso superior.

     

    qtabelas_p0DSC_0498DSC_0295DSC_0288d300 1286DSC_0373DSC_0416DSC_0448DSC_0462DSC_0278DSC_0630DSC_0647DSC_0578DSC_0583DSC_0625DSC_0516DSC_0529d300 1468DSC_0543d300 1473DSC_0559d300 1584d300 1599d300 1615

     

    Piso 0

    O piso superior do palacete destina-se a zona de quartos, cujo acesso se faz por uma escada situada numa divisão central da zona de serviços. Tem uma planta rectangular e simétrica, é circundada de divisões ortogonais que dão para os dois corredores cruzados, iluminados respectivamente por quatro óculos distribuídos por cada topo do corredor. Possui ainda uma claraboia plana, em forma de óculo central, no tecto da zona central do corredor.

     

    qtabelas_p1131718363731175253504566676869

     

    qtabelas_np0

     

    Piso 0, divisão 17

    Paredes revestidas a azulejos figurativos policromados, da 2ª metade do século XIX, atribuídos a Luís Ferreira. Painéis com a representação em trompe l’ oeil de animais de caça, enchidos, carnes, peixes e crustáceos pendentes num varão sobre um panejamento e folhas de louro. Painéis de azulejos em azul e branco de padrão “estrela e bicha” e florões, delimitados por um friso com elementos vegetalistas estilizados.

     

    passunao_p0d17DSC_0583DSC_0591DSC_0584d300 1623d300 1624DSC_0592d300 1651DSC_0593DSC_0594DSC_0595DSC_0596DSC_0597DSC_0598DSC_0599DSC_0600DSC_0601DSC_0602DSC_0604d300 1672d300 1673DSC_0605DSC_0606DSC_0607DSC_0608DSC_0609DSC_0612DSC_0614DSC_0615DSC_0616DSC_0618DSC_0619DSC_0586DSC_0587DSC_0588DSC_0589DSC_0590d300 1630d300 1632d300 1635d300 1637d300 1641d300 1660d300 1661

     

    Piso 0, divisão 18

    Paredes revestidas a azulejos em azul e branco de padrão “estrela e bicha”, da 2ª metade do século XIX, delimitados por um friso com elementos vegetalistas estilizados.

     

    passunao_p0d18d300 1675

     

     

    qtabelas_np0

     

    Piso 0, divisão 1

    O tecto do vestíbulo, em forma de falsa cúpula com caixotões e rosácea central, é rodeado por cimalha envolvente com molduras decoradas com folhas de acanto, óvulos e dardos. Os quatro cantos são preenchidos por cartelas de acantos e enrolamentos flamengos, centradas pelas iniciais douradas do nome do proprietário - “J”, “M”, “S”, “R” (José Maria da Silva Rego). Um engradado de pequenas flores preenche o fundo do tecto, entre os caixotões e a sanca, intercalado, a meio de cada um dos lados, por mascarões rodeados por folhagem de acanto. Os estuques datam da campanha de decoração que acompanhou a construção do palacete, em meados da década de 1860.

     

    passunao_p0d1d300 1225d300 1227d300 1228d300 1229DSC_0305d300 1231DSC_0253

     

    Piso 0, divisão 2

    Tecto sanqueado, com cimalha envolvente com moldura de folhas de água. O tecto, centrado por rosácea, é compartimentado em painéis densamente preenchidos por enrolamentos vegetalistas e motivos florais. Os estuques datam da campanha de decoração que acompanhou a construção do palacete, em meados da década de 1860.

     

    passunao_p0d2DSC_0298d300 1276d300 1282d300 1277d300 1279d300 1280DSC_0299DSC_0300

     

    Piso 0, divisão 3

    O tecto mais decorado do palacete, do salão nobre ou sala dos espelhos, com muitos apontamentos a ouro, é rodeado por sanca moldurada decorada com mísulas, mascarões e folhas de acanto. A superfície do pano central é densamente preenchida por painéis de perfil contracurvado, decorados com engradados de pequenas flores e enrolamentos vegetalistas. A meio da composição uma exuberante rosácea ovalada. Ladeando os painéis, a meio dos quatro lados, destacam-se cornucópias com flores e joias, uma possível alusão à prosperidade do proprietário. Os estuques datam da campanha de decoração que acompanhou a construção do palacete, em meados da década de 1860.

     

    passunao_p0d3DSC_0308d300 1301d300 1302d300 1303d300 1306d300 1313DSC_0328DSC_0331DSC_0332DSC_0333DSC_0334DSC_0336DSC_0339DSC_0340DSC_0341

     

    Piso 0, divisão 4

    Tecto de um plano, com sanca envolvente moldurada, decorada com toro com fita enrolada e motivos vegetalistas. Um friso de acantos envolve a pintura central. Os estuques datam da campanha de decoração que acompanhou a construção do palacete, em meados da década de 1860.

     

    passunao_p0d4d300 1331d300 1335d300 1325DSC_0356DSC_0367DSC_0363DSC_0365

     

    Piso 0, divisão 5

    Tecto sanqueado. Os panos oblíquos são percorridos por duplas grinaldas pendentes de mascarões femininos e sustentadas nos cantos por águias afrontadas, sobre um fundo de engradados em baixo relevo. O pano central é centrado por uma grande rosácea composta por águias de asas abertas e fogaréus, rodeada por grinaldas e reservas com enrolamentos vegetalistas e engradados. Os estuques datam da campanha de decoração que acompanhou a construção do palacete, em meados da década de 1860.

     

    passunao_p0d5d300 1342d300 1343d300 1344d300 1345d300 1354d300 1355DSC_0375DSC_0409DSC_0400DSC_0408

     

    Piso 0, divisão 6

    Os estuques relevados imitam a madeira escura, entalhada. A sanca envolvente é composta por molduras  decoradas com folhas de acanto, óvulos e dardos. Várias molduras enquadram  as pinturas de paisagens e de motivos decorativos. A meio do tecto figura uma grande rosácea com folhas de acanto e frutos, uma alusão à função desta divisão, a sala de jantar do palacete. Os estuques datam da campanha de decoração que acompanhou a construção do palacete, em meados da década de 1860.

     

    passunao_p0d6d300 1377d300 1380d300 1381DSC_0418DSC_0422DSC_0423DSC_0425

     

    Piso 0, divisão 7

    Tecto sanqueado. Os panos oblíquos são preenchidos por enrolamentos vegetalistas, alternando com ramos de flores e folhas de acanto. No pano central alinham-se três painéis centrados por rosácea de acantos e por florões no eixo longitudinal, enquanto os fundos das reservas laterais são densamente preenchidos por engradados conjugados com enrolamentos. Os estuques datam da campanha de decoração que acompanhou a construção do palacete, em meados da década de 1860.

     

    passunao_p0d7DSC_0479DSC_0460DSC_0481DSC_0482DSC_0484d300 1430d300 1431d300 1432

     

    Piso 0, divisão 8

    Tecto sanqueado, com sanca envolvente com moldura de folhas de água. O tecto, centrado por rosácea, é compartimentado em painéis densamente preenchidos por enrolamentos vegetalistas e motivos florais. Os estuques datam da campanha de decoração que acompanhou a construção do palacete, em meados da década de 1860.

     

    passunao_p0d8DSC_0286d300 1266DSC_0279DSC_0280DSC_0282DSC_0283DSC_0285d300 1261d300 1264

     

    Piso 0, divisão 10

    Os elementos em estuque relevado branco enquadram a composição pintada do tecto: sanca moldurada envolvente, molduras e rosácea central. Os estuques datam da campanha de decoração que acompanhou a construção do palacete, em meados da década de 1860.

     

    passunao_p0d10d300 1448DSC_0518

     

    Piso 0, divisão 11

    Os elementos em estuque relevado enquadram a composição pintada do tecto: sanca moldurada envolvente, molduras e rosácea central. Os estuques datam da campanha de decoração que acompanhou a construção do palacete, em meados da década de 1860.

    passunao_p0d11DSC_0519d300 1462

     

    Piso 0, divisão 13

    Os elementos em estuque relevado branco enquadram a composição pintada do tecto: sanca moldurada envolvente, molduras e rosácea central. Os estuques datam da campanha de decoração que acompanhou a construção do palacete, em meados da década de 1860.

     

    passunao_p0d13d300 1512

     

    Piso 0, divisão 14

    Os elementos em estuque relevado branco enquadram a composição pintada do tecto: sanca moldurada envolvente, molduras e rosácea central. Os estuques datam da campanha de decoração que acompanhou a construção do palacete, em meados da década de 1860.

     

    passunao_p0d14d300 1577

     

    Piso 0, divisão 15

    Os elementos em estuque relevado branco enquadram a composição pintada do tecto: sanca moldurada envolvente, molduras e rosácea central. Os estuques datam da campanha de decoração que acompanhou a construção do palacete, em meados da década de 1860.

     

    passunao_p0d15d300 1593

     

    Piso 0, divisão 16

    Rosácea central rodeada por moldura circular. Meados da década de 1860.

     

    passunao_p0d16d300 1530d300 1529

     

    Piso 0, divisão 17

    Rosácea central rodeada por moldura circular. Meados da década de 1860.

     

    passunao_p0d17d300 1621

     

    Piso 0, divisão 20

    Rosácea central rodeada por moldura circular. Meados da década de 1860.

     

    passunao_p0d19DSC_0626d300 1683

     

    qtabelas_np0qtabelas_np1

     

    Piso 0, divisão 1

    Paredes, portas e bandeiras da porta com pintura decorativa da década de 1860. Remate superior da parede com um friso decorado com figuras mitológicas e florões, parte central com painéis e cercaduras de marmoreados e rosetas. Remate inferior com um friso composto por reservas com um leão, coelho, tigre e urso, intercalados por cegonhas. Bandeira arqueada da porta com pintura sobre vidro representando uma carranca com fitas no cabelo e uma tiara enquadrada por cornucópias de flores. Bandeiras laterais das portas decoradas com elementos vegetalistas estilizados.

     

    passunao_p0d1d300 1234d300 1256d300 1221d300 1235d300 1236d300 1237d300 1238d300 1239d300 1222d300 1241d300 1242d300 1243d300 1244d300 1246d300 1247d300 1248d300 1249d300 1250d300 1251d300 1252DSC_0270DSC_0497DSC_0274

     

    Piso 0, divisão 2

    Paredes com pintura decorativa em trompe l’oeil da década de 1860. Pintura imitando brocados com um padrão floral estilizado, intricado em linhas diagonais com cabochões. Remates com toros de louro e perolados.

     

    passunao_p0d2DSC_0294d300 1275d300 1281DSC_0307d300 1285

     

    Piso 0, divisão 3

    Paredes com pintura decorativa em trompe l’oeil  da década de 1860. Pintura imitando brocados com um padrão de linhas diagonais, flores estilizadas e remates com sanefas e perolados.

     

    passunao_p0d3DSC_0308DSC_0335d300 1305d300 1289

     

    Piso 0, divisão 4

    Tecto e paredes com pintura decorativa em trompe l’oeil  da década de 1860. Tecto composto por reservas circulares com pássaros e rosas. Paredes com pintura imitando brocados com um padrão floral estilizado intrincado. Remate superior composto por conjuntos florais inseridos em cartelas com cabochões e remate inferior com um friso de estrias.

     

    passunao_p0d4DSC_0357d300 1329d300 1333d300 1328d300 1334d300 1317d300 1319DSC_0351DSC_0349d300 1316DSC_0355DSC_0362DSC_0361DSC_0365

     

    Piso 0, divisão 5

    Paredes com pintura decorativa em trompe l’oeil da década de 1860. Composição formada por colunelos e baldaquinos, sanefas imitando rendas e um fundo imitando tecido drapeado com um padrão de enrolamentos vegetalistas e flores, rematado em baixo com passamanaria.

     

    passunao_p0d5DSC_0378DSC_0376d300 1339d300 1338d300 1346DSC_0407DSC_0380DSC_0381DSC_0386DSC_0387DSC_0395DSC_0406

     

    Piso 0, divisão 6

    Tecto e paredes com pintura decorativa da década de 1860. Composição do tecto formada por quatro reservas, que enquadram um florão central em estuque, com a representação de andorinhas e nuvens, intercaladas por painéis com enrolamentos vegetalistas estilizados que se desenvolvem nos quatro cantos, enquadrando um medalhão central. Sanca composta por reservas que intercalam cenas com paisagens, incluindo vistas do Rio de Janeiro e o palácio da Pena em Sintra, com reservas ornamentadas com elementos vegetalistas, flores, cornucópias, sanefas e grifos. Paredes com painéis imitando tecido brocado com um padrão floral estilizado, enquadrados por um friso com flores estilizadas.

     

    passunao_p0d6DSC_0448DSC_0416d300 1383d300 1382d300 1385d300 1386d300 1384d300 1389DSC_0432DSC_0429DSC_0430d300 1376d300 1364d300 1365d300 1366d300 1367d300 1368d300 1369d300 1371d300 1372d300 1373d300 1374d300 1375DSC_0446d300 1359d300 1360d300 1361DSC_0414d300 1358

     

    Piso 0, divisão 7

    Paredes com pintura decorativa em trompe l’oeil da década de 1860. Composição formando vistas para paisagens em chinoiserie compostas por pagodes, pontes, barcos, casas chinesas, figuras tomando chá e figuras à pesca, enquadradas por uma cercadura em bambú e um lambril de grades.

     

    passunao_p0d7DSC_0483DSC_0488d300 1394d300 1411d300 1412d300 1413d300 1415d300 1416d300 1417d300 1421d300 1425d300 1427d300 1428DSC_0461DSC_0466DSC_0467DSC_0468DSC_0470DSC_0471DSC_0472DSC_0473DSC_0474DSC_0476DSC_0485DSC_0491DSC_0492DSC_0493DSC_0494

     

    Piso 0, divisão 8

    Paredes com pintura decorativa em trompe l’oeil da década de 1860. Pintura imitando brocados com um padrão de florões estilizados e elementos vegetalistas.

     

    passunao_p0d8DSC_0278d300 1269d300 1258

     

    Piso 0, divisão 9

    Tecto e paredes com pintura decorativa em trompe l’oeil da década de 1860. Tecto com uma composição imitando estuques formando reservas com frisos de óvulos e toros de louro e florões no centro. Paredes com reservas e frisos de marmoreados e remate superior com um friso de medalhões em cartelas com bustos de personagens com as seguintes inscrições: “CANOVA”, “VENUS”, “APOLO”, “COND.ª SALISBURY”, “EDUARDO III”, “HERE”, “MERCURIO”, “ADRIANNA”, “VASCO DA GAMA”, “MINERVA”, “HORACIO VERNET”, “TRAVIATA”, “DONIZETI”, “RUBENS”, “MULLIER”, “MIRRA”, “VERDI”, “JOANA DARC”, “ATTILAS”, “ROSATE”, “DOUGLAS”, “MARIE”, “ROBERTO BRUCE”, “NELLI”, NEPTUNO”, “AMPHETRITE”, “CAMONES P.”, “MULEI. ABAS”, “BUCAGE P.ª”, “VERIATO”, “ARIOSTO”, “GUILHERME TEL”, “LINEU”, “RAFFAEL SANZIO”, “TROCATO TASSO P.”, “ANTINO”, “NAPOLIÃO III”, “VERGIIO P.º”, “HOMAI F.”, “ULISSES”, “OGARTE”, “MAZANIELLO”, “RECHELEU” e “OGOCHITN”.

     

    passunao_p0d9DSC_0630d300 1522d300 1519DSC_0582DSC_0631DSC_0632DSC_0636DSC_0641DSC_0642DSC_0645DSC_0647DSC_0648011012013014015016017018019020021022023024025026027028029030031032033034035036040041042043044046047048049050052053054055056057058059

     

    Piso 0, divisão 10

    Tecto e paredes com pintura decorativa da década de 1860. Tecto com frisos compostos por arabescos, elementos vegetalistas estilizados e estrias. Paredes com estrias e frisos com elementos vegetalistas estilizados.

     

    passunao_p0d10DSC_0516d300 1446DSC_0517d300 1444d300 1445DSC_0508DSC_0515DSC_0510DSC_0514d300 1443

     

    Piso 0, divisão 11

    Tecto e paredes com pintura decorativa em trompe l’oeil da década de 1860. Tecto com uma composição formando um enquadramento, de um florão central em estuque, com reservas decoradas com enrolamentos vegetalistas, flores, silhuetas de figuras e frisos com folhagens. Sanca decorada com figuras humanas e animais, enquadradas por enrolamentos vegetalistas, laços, tochas, cabochões pendentes, grinaldas de rosas e grifos. Paredes com uma composição formada por drapeados e passamanaria sobre um fundo de estrias, com um enquadramento arquitectónico com carrancas e volutas.

     

    passunao_p0d11DSC_0519DSC_0532d300 1461DSC_0530d300 1468DSC_0529d300 1455d300 1463d300 1466d300 1467DSC_0520DSC_0522DSC_0524d300 1456d300 1457d300 1458d300 1451d300 1452DSC_0523

     

    Piso 0, divisão 12

    Tecto e paredes com pintura decorativa em trompe l’oeil da década de 1860. Tecto com frisos de elementos vegetalistas estilizados enquadrando um florão central em estuque. Sanca decorada com enrolamentos vegetalistas. Paredes com uma cercadura formando uma sanefa e um varão com fitas enroladas e elementos vegetalistas.

     

    passunao_p0d12d300 1473d300 1476d300 1477d300 1479d300 1482d300 1483d300 1484DSC_0538DSC_0539DSC_0543DSC_0544

     

    Piso 0, divisão 13

    Tecto e paredes com pintura decorativa em trompe l’oeil da década de 1860. Tecto com uma composição formando um enquadramento, de um florão central em estuque, com reservas decoradas com rendas, delimitadas por elementos vegetalistas estilizados e pássaros. Sanca decorada com medalhões com cenas de anjos, enquadradas por enrolamentos vegetalistas, figuras femininas com fitas, borboletas e, nos quatro cantos, jarros com flores. Paredes com uma composição formada por colunelos e capitéis com grifos, cornija com um friso de discos, carrancas, drapeados de rendas, passamanaria e flores pendentes, sobre um fundo de estrias. Remate inferior com um friso de elementos vegetalistas estilizados.

     

    passunao_p0d13d300 1504d300 1509d300 1513DSC_0549DSC_0550DSC_0551DSC_0553DSC_0556d300 1505d300 1506d300 1507d300 1508d300 1493d300 1494d300 1496d300 1498d300 1500d300 1501d300 1503d300 1492d300 1495d300 1499d300 1502DSC_0555d300 1490d300 1491d300 1486d300 1514d300 1515d300 1516d300 1517d300 1518

     

    Piso 0, divisão 14

    Tecto e paredes com pintura decorativa da década de 1860, composta por cercaduras com elementos vegetalistas estilizados.

     

    passunao_p0d14d300 1571d300 1576d300 1579d300 1580d300 1581d300 1582d300 1584DSC_0558DSC_0559DSC_0560

     

    Piso 0, divisão 15

    Tecto e paredes com pintura decorativa em trompe l’oeil da década de 1860. Tecto com uma composição formando um enquadramento, de um florão central em estuque, com reservas decoradas com elementos vegetalistas estilizados, delimitadas por uma cercadura com elementos vegetalistas, flores e, nos quatro cantos, conchas com carrancas. Sanca decorada com medalhões com bustos de perfil e cenas com putti, enquadradas em cartelas e elementos vegetalistas e, nos quatro cantos, reservas com flores. Paredes com uma composição formada por uma sanefa com brocados e passamanaria sobre um fundo de estrias, com um enquadramento arquitectónico com caneluras, folhas de acanto e cabochões.

     

    passunao_p0d15DSC_0565d300 1599d300 1609d300 1610d300 1611d300 1612d300 1614d300 1615d300 1616d300 1593d300 1594d300 1595DSC_0569DSC_0571DSC_0572d300 1585d300 1586d300 1588d300 1597d300 1601d300 1605d300 1607d300 1596d300 1598d300 1600d300 1602d300 1604d300 1606d300 1608d300 1587d300 1590d300 1613d300 1618

     

    Piso 0, divisão 16

    Paredes com pintura decorativa da década de 1860, composta por frisos e painéis com marmoreados.

     

    passunao_p0d16DSC_0578d300 1527d300 1531d300 1535d300 1533DSC_0576d300 1540

     

    Piso 0, divisão 19

    Tecto e paredes com pintura decorativa em trompe l’oeil da década de 1860. Tecto com um painel imitando tecido com um padrão de florões estilizados, enquadrado por um friso de elementos vegetalistas estilizados. Sanca decorada com enrolamentos vegetalistas e cartelas com reservas de gradinhas enquadrando flores. Paredes com uma sanefa com gradinhas e folhas de acanto enquadrando um fundo estriado.

     

    passunao_p0d19DSC_0623d300 1701DSC_0620d300 1695d300 1691d300 1703d300 1688

     

    Piso 0, divisão 20

    Paredes com pintura decorativa da década de 1860, composta por um fundo de marmoreados enquadrado por uma cercadura com elementos vegetalistas intrincados.

     

    passunao_p0d20DSC_0625d300 1681d300 1680DSC_0627

     

    Piso 1, divisão 1

    Paredes com pintura decorativa da década de 1860, composta por painéis e frisos de marmoreados.

     

    passunao_p1d1951625358558127

     

    Piso 1, divisão 2

    Paredes com pintura decorativa em trompe l’oeil da década de 1860, composta por frisos com elementos vegetalistas, cartelas, cabochões e arabescos.

     

    passunao_p1d2891012

     

    Piso 1, divisão 2

    Paredes com pintura decorativa em trompe l’oeil da década de 1860, composta por frisos com elementos vegetalistas, cartelas, cabochões e arabescos.

     

    passunao_p1d2891012

     

    Piso 1, divisão 2

    Paredes com pintura decorativa em trompe l’oeil da década de 1860, composta por frisos com elementos vegetalistas, cartelas, cabochões e arabescos.

     

    passunao_p1d2891012

     

    Piso 1, divisão 3

    Paredes com pintura decorativa em trompe l’oeil da década de 1860, composta por frisos com elementos vegetalistas, flores, colares e arabescos.

     

    passunao_p1d317181920

     

    Piso 1, divisão 4

    Paredes com pintura decorativa em trompe l’oeil da década de 1860, composta por frisos com folhagens, laçarias, rosas, cartelas com cabochões e arabescos.

     

    passunao_p1d43127282930

     

    Piso 1, divisão 5

    Paredes com pintura decorativa em trompe l’oeil da década de 1860, composta por frisos com enrolamentos vegetalistas e arabescos.

     

    passunao_p1d536373839

     

    Piso 1, divisão 6

    Paredes com pintura decorativa em trompe l’oeil da década de 1860, composta por frisos com enrolamentos vegetalistas, laçarias, cartelas, cabochões, concheados e arabescos.

     

    passunao_p1d6504546474849

     

    Piso 1, divisão 7

    Paredes com pintura decorativa em trompe l’oeil da década de 1860, composta por frisos com enrolamentos vegetalistas, folhas de acanto, flores e arabescos.

     

    passunao_p1d752535455

     

    Piso 1, divisão 8

    Paredes com pintura decorativa em trompe l’oeil da década de 1860, composta por frisos com enrolamentos vegetalistas, cartelas, cabochões, folhagens, colares, pingentes e arabescos.

     

    passunao_p1d8666768697570

     

    Piso 1, divisão 9

    Paredes com pintura decorativa da década de 1860 com frisos de arabescos.

     

    passunao_p1d980

     

    Piso 1, divisão 10

    Paredes com pintura decorativa em trompe l’oeil da década de 1860, composta por frisos com enrolamentos vegetalistas estilizados, fitas, flores e arabescos.

     

    passunao_p1d1188899091d300 1736

     

    Piso 1, divisão 11

    Paredes com pintura decorativa em trompe l’oeil da década de 1860, composta por frisos com enrolamentos vegetalistas, folhagens, cabochões e arabescos.

     

    passunao_p1d119899100102103106

     

    Piso 1, divisão 12

    Paredes com pintura decorativa em trompe l’oeil da década de 1860, composta por frisos com enrolamentos vegetalistas, laços, cabochões e arabescos.

     

    passunao_p1d12111113114118119120

     

    Jardim

    Paredes com pintura decorativa em trompe l’oeil da década de 1860. Composição formando paisagens marinhas e campestres com figuras e barcos, enquadradas por uma arcaria de arcos de volta perfeita e arcos quebrados, com colunelos e vasos com flores assentes numa balaustrada.

     

    DSC_0693DSC_0694DSC_0697DSC_0698DSC_0699DSC_0691DSC_0692DSC_0701DSC_0702DSC_0703DSC_0704DSC_0705DSC_0706DSC_0707DSC_0708DSC_0709DSC_0710

     

    qtabelas_np0qtabelas_np1

     

    Piso 0, divisão 1

    Pavimento lajeado de pedras calcárias brancas, vermelhas, cinzentas e negras, imitando paralelepípedos perspectivados, centrados por estrela de oito pontas inscrita num círculo e num quadrado.

    Janela de moldura em arco pleno de intradorso pintado com faixa negra entre faixas cinzentas decoradas com rosetas. Bandeira com vitral geométrico amarelo e azul.

    Porta de madeira com aplicação de almofadas rendilhadas douradas emolduradas por filetes com volutas pintados de negro.

    Fechadura metálica elíptica com meias-esferas e puxador de metal circular com decoração idêntica e maçaneta de cristal verde.

    Ferragem de porta recortada e ferragem com tranca.

     

    passunao_p0d1DSC_0272d300 1233d300 1274DSC_0504DSC_0277d300 1240DSC_0256

     

    Piso 0, divisão 4

    Fechadura metálica elíptica com meias-esferas e puxador de metal circular com decoração idêntica e maçaneta de cristal verde.

     

    passunao_p0d4DSC_0368

     

    Piso 0, divisão 7

    Candeeiro prismático com rendilhado metálico e vidros pintados com motivos chinoiserie de cenas galantes, guarnecido de pingentes coloridos com elementos florais e contas de vidro.

     

    passunao_p0d7d300 1398d300 1401d300 1402d300 1403d300 1404DSC_0453

     

    Piso 0, divisão 9

    Porta de madeira com aplicação de almofadas rendilhadas douradas emolduradas por filetes com volutas pintados de negro e bandeira pintada com máscara entre duas cornucópias floridas orlada de moldura fina pontuada com motivos vegetalistas e concheados. Entre o arco e a sanca faixa pintada de vermelho e cinzento com grutescos centrados por medalhão com busto de Canova, encimada por frisos com palmetas, denticulados e toro recamado de folhagem.

     

    passunao_p0d9DSC_0268d300 1523DSC_0580

     

    Piso 0, divisão 16

    Escada com guarda de ferro fundido iniciando-se num colunelo abalaustrado.

    Fechadura metálica elíptica com meias-esferas e puxador de metal circular com decoração idêntica e maçaneta de cristal verde.

     

    passunao_p0d16d300 1527DSC_0574d300 1541

     

    Piso 0, divisão 17

    Depósitos de água de pedra calcária, um deles sobre banco de pedra com pés em forma de consola.

    Armário de madeira com portas almofadadas.

    Pia de lava-louça rectangular inscrita num arcossólio de pedra calcária.

     

    passunao_p0d17d300 1626d300 1640d300 1648d300 1664

     

    Piso 0, divisão 18

    Pé de pia em forma de consola estriada.

     

    passunao_p0d18d300 1674

     

    Piso 0, divisão 19

    Vão revestido de azulejos brancos e emoldurado com arco deprimido de pedra calcária.

     

    passunao_p0d19d300 1710d300 1706

     

    Piso 1, divisão 1

    Corredor com paredes pintadas de marmoreados brancos com molduras amarelas.

    Esconsos com paredes pintadas de marmoreados brancos com molduras amarelas, com janela circular com vitral em forma de flor amarela sobre fundo azul.

    Pavimento de ladrilhos formando tapete de estrelas de oito pontas circundadas por molduras curvas ligadas por pequenos quadrados.

    Fechadura e puxador metálicos.

     

    passunao_p1d1dsc_4311343256d300 171857128

     

    Jardim

    Pavimento de lajes de pedra negra e branca formando espinhado convergente.

     

    dsc_0689DSC_0690DSC_0699

     

    Tags:
    ttt
    COM_CCK_Validar
    COM_CCK_Validar
    COM_CCK_Validar
    COM_CCK_Validar
    COM_CCK_Validar
    Tags:
    PTCD/EAT-HAT/11229/2009

    Please publish modules in offcanvas position.