Filter

    Correspondência serviços decorativos Fazenda Lordelo, 1889

    Correspondência serviços decorativos Fazenda Lordelo, 1889
    Brazil
    XIX

    Correspondência Pedro Paulo Prevot ao Barão de Paraná sobre serviços decorativos na Fazenda Lordelo, 1889.

     Arquivo IHGB, coleção Leão Teixeira Fo. Lata 751 pasta 55 PREVOST, Pedro Paulo.

     

    Coordenação: Ana Pessoa (FCRB)

    Transcrição: Julia Sousa Costa (PIC/FCRB-Cnpq) e Louhana Oliveira (PIC/FCRB-Cnpq), 2021

     

    Ex. Sr. Barão do Paraná

    Rio de Janeiro 10 de Janeiro de 1889

    Recebi as suas ordens por intermeio do mestre carpinteiro, para lhe mandar o official fingidor, por esta razão appresso-me a comunicar-lhe que o finjidor esta já fallado, porém como tenho que o prevenir amanhã para se aprontar, não posso lhe garantir que elle vá antes de Domingo, se for possivel mandar-lo-ei no sabado 12 do corrente, pello mesmo official mandar-lhe ei o pitua de dourar qu

    p. 2 que V. Ex. manda também pedir na sua ordem; aproveito a ocasião para lhe pedir si poderia me mandar a quantia de seis sentos mil reis por conta dos trabalhos, para completar a quinsena dos officiaes que tenho a pagar no sabado 12 do corrente, ou na segunda feira que acostumo tambem fazer o resto do pagamento; pesso a V. Ex. desculpa pello meu pedido, e creia que não o faria se estivesse ao meu alcanse evitar-lhe qualquer incomodo; Este seu criado

    p.3 Obrigado que toma a liberdade de lhe desejar a mais perfeita saude em companhia da Ex. Sra. Baronesa, esposa do V. Ex. e das pessoas que mais estima.

    Pedro Paulo Prevot

    p. 4 Rio de Janeiro 12 de Janeiro de 1889.

    Ex. Sr. Barão do Paraná

    O portador deste é o fingidor que considero mais nos casos de fazer os trabalhos de fingimentos, tanto em madeira de carvalho, como em outra quaesquer qualidade, ou em fingimentos de marmore, e trassos que forem pressisos fazer, foi meu official faz oito anos e nunca me deu rrasão de queixa, a primeira impreção pode ser que não seja muito faboravel ao portador, tanto pela cor como pella idade, porem estou serto que o seu trabalho e as boas maneiras conque acostuma receber as ordens, poderão desmentir a má impreção

    p. 5 que possa ter causado a primeira vista, tratei com o mesmo jornal de seis mil reis diarios com casa e comida, pode ser que V. Ex. ache muito grande o seu salario, porem crehia que não o é, pois que outros fingidores não querem sair do Rio Janeiro por menos de sete e oito mil reis, eu ja tinha tratado com outro faz algum tempo, porem a ultima hora tornousa mais exijente sendo menos seguro no seu jessero de fingidor; está razão influiu para a demora que ouhe na minha promesa;

    Remeto pello portador o Pitua de dourar que V. Ex. mandou pedir e alguns tin

    p. 6 tas que são mais nessesarias para o fuigimento. Sem mais pesso desculpa por quasquer contrariedade que tenha causado a minha demora, e estimarei que a presente seja por V. Ex. recebida no goso da mais perfeita saude em companhia das pessoas da sua maior estima, especialmente a Ex Sra. Baronesa esposa de Vossa Ex.

    Seu Criado Obrigado

    Pedro Paulo Prevot.

    P. E. o portador chamasse Jose Aymore Rodrigues da Silva.

    p. 7 Rio 14 de Janeiro de 1889.

    Ex. Sr. Barão do Paraná

    Tendo ficado hontem esquesido o Pitua sobra a messa da officina, no lugar de ir dentro do embrulho das tintas como calculava que ia, so hoje de manhã dei com elles, por esta razão appresso-me a mandalos para sima para evitar maior demora; Recebi hoje a sua hordem pello que agradesso-lhe estremamente, queira desculpar a renovação dos meus protestos de respeito e obrigagações que devo a V. Ex. estimando sempre a sua perfeita saude em companhia das pessoas que lhe ção mais presadas.

    Seu Criado Obrigado

    Pedro Paulo Prevot.

    Continua

    p.8 P. E. Lembrando-me que avia de ser necessario para o fingimento o oleo fervido, remeto inclusso a os pinceis Beta killos de oleo fervido.

    p. 9 Ex. Sr. Barão do Paraná

    Rio de Janeiro 6 de Março de 1889.

    Estiveras ontem aqui o official forrador, e o contramestre pintor que vierão conforme me dizerão, com lisença de V. Ex. para passar os tres dia de Carnaval, o official Victor disseme ao mesmo tempo que tinha muita necessidade de ficar mais dois dias para aproveitar de tomar um laxante, e o forrador Luis pareceu-me que tem resseio de ir só para sima, porque insistiu em ficar para seguir junto com o contramestre,

    p. 10 ensisti co elles para seguirem no dia marcado que era hoje, porem o offal. Victor disse-me que pressisava muito desta lisensa para o que ja alegei assima, e que participaria a V. Ex., ontem mesmo este pedido para não pareser indiscrecto; a este respeito não vi outra solução que esta de participar o ocorrido a V. Ex. e esperar as suas ordens para melhor me guiar; Aproveito a ocasião para participar a V. Ex. que sendo o sabado 9, dia de quinsena dos officiaes, sou obrigado a pedir a quantia de seiscentos mil reis, a V. Ex. por conta dos trabalhos.

    Seu Criado Obrigado

    Pedro Paulo Prevot.

    p. 11Ex. Sr. Barão do Paraná

    Rio de Janeiro 11 de Março de 1889.

    Recebi hoje a sua ordem por intermeio do Sr. Jose, que tambem informou-me de que V. Ex. estaba em perfeita saude em companhia das pessoas da sua maior estima, esta informação consome grande satisffacção pois que o meu maior desejo e que V. Ex. tenha a felicidade de gozar por muitos anos de perfeita saude, e alegria pella prosperidade e reaticação dos seus desejos; Junto a ordem recebi. 

    p. 12 umma carta em que V. Ex., me partisipa que os officiaes não forão ainda para a fazenda, O official Victor me prometeu que viria prevenir-me na semana passada em dia antes de seguir, como não veio informei-me e dizerão-me que elle tinha ficado doente depois de tornar o laxante; a respeito do forrador paresseme que tem medo de seguir para a fazenda por esta ração, e aproventando das ordens de V. Ex. na cual ordena que mande os mesmos ou outros officiaes para continuar os trabalhos, appresseime a mandar o portador desta

    p.13 Rufino Crotassio de Mello, que está nas condições de renplazar com vantagem que o contramestre Victor, este mesmo official pode fazer as forrações que tiver que fazer, porque ele tem forrado para mim com bastante limpesa, tratei com ele o jornal de 3$200 reis por dia com casa e comida; mando tambem um bom official pintor que alem de trabalhar bem no liso, pode fazer quãesquer traço ou moldura que fosse pressiso, este official chama-se Alfredo, e tratei com elle o jornal de 3$000 reis por dia com casa e comida,

    p. 14 não mandei um official de menor preço por não estarem nas condições de fazer um trabalho limpo; adiantei ao mesmo official Alfredo a quantia de cinco mil reis, allem das viajens de ambos. Sem mais estou sempre ao seu dispor sendo a isso obrigado este seu Criado Obrigado.

    Pedro Paulo Prevot.

    p. 15Ex. Sr. Barão do Paraná

    Rio de Janeiro 16 de Março de 1889.

    Recevi as suas ordens e appresso-me a cumprillas, o que só hoje posso fazer, porque hontem ja era tarde para despachar pello correio o seu pedido;

    Remeto a V. Ex. 8 desenhos Pompeanos que achei entre os desenhos que me confiou, e de entre os mais so achei um apropriado que vai appenas desenhado podendo serem as cores para o mesmo combinadas com as cores dos outros desenhos coloridos; se entre os mesmo não achar V. Ex. o que deseja, 

    p. 16pesso para ter a bondade de me mandar dizer cual é a combinação pouco mais ou menos que V. Ex. deseja para eu fazer em “croquis” extraido de um tratado Pompeano que existe na Biblioteca Nacional, e remeter-lho-ei em continente; Junto a algumas ferramentas que me pedirão os officiaes, vai um caixãosinho contendo 4 espelhos de portas, 8 parafusos e 8 cabeças de parafusos pertensentes a os mesmos espelhos, que o Sr. Antonico “mestre carpinteiro” me pediu para mandar a V. Ex. junto as ferramentas. Espero que continue V. Ex. a gozar de perfeita saude em companhia de Sua Ex. famillia.

    Seu Mui Umilde Criado e Obrigado

    Pedro Paulo Prevot.

    p. 17 Ex. Sr. Barão do Paraná

    Rio de Janeiro 19 de Março de 1889.

    Sendo no sabado 23 do corrente dia de quinzena dos officiaes, pesso a V. Ex. por especial obcequio para me adiantar mais a quantia de seiscentos mil reis, para fazer o pagamento dos mesmos;

    Eu não tenho mandado dizer nada a respeito do andamento dos trabalhos de pintura que V. Ex. teve a bondade de me confiar, porque não recebi ate agora ordem nenhuma de V. Ex. para mandar esclarecimentos a esse respeito, porém appenas receba as suas ordens, cunplirei o meu dever esplicando por extenso 

    p. 18a V. Ex. o que está feito e o que está em andamento.

    Espero que V. Ex. continua-rá a gozar de perfeita saude.

    Seu Umilde Criado e Obrigado

    Pedro Paulo Prevot. 

    p. 19Ex. Sr. Barão do Paraná

    Sendo-me preciso segunda feira 29 do corrente, fazer pagamento e não tendo a serteza de que V. Ex. dessa para a corte ate esse dia, pesso a V. Ex., a quantia de oito sentos mil reis por conta dos trabalhos, pello que desde já sou estremamente obrigado a V. Ex.; pello Ill.mo Sr. Honorio soube das melhoras de V. Ex. e da conbalescensia da Ex. Sra. Baronesa esposa de V. Ex.; desejo que seja rapido o completo restabelecimento. Seu mui umilde

    Criado e Obrigado

    Pedro Paulo Prevot.

    Rio 26 de Abril de 1889.

    ttt
    PTCD/EAT-HAT/11229/2009

    Please publish modules in offcanvas position.